sábado, fevereiro 18, 2012

FLORES DE FINADOS

Passei para entregar-te rosas
Compartilhar nossos silêncios
Teus olhos eram tão perfeitos
Que nunca mais eu me esqueço

Vim trazer-te minhas lágrimas
A saudade que guardo no peito
Nunca mais me dirá nada
Nunca mais carinho ou beijos

Deixo as flores sobre a tua cova
Com o cheiro dos que já morreram
Com a dor que desabrocha

Aguardo a tua voz tranqüila
Que nunca mais trará respostas
Sufoco o pranto e vou embora

(Adriano Pacianotto)

0 comentários:

counter
counter
 
Copyright 2009 Adriano Pacianotto. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates. WP by Masterplan